A poupança é um investimento?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

PoupançaA poupança é um investimento?

Bom, se pararmos para analisar a poupança, ela atende um requisito comum aos investimentos: o dinheiro aplicado hoje rende alguma % e no período seguinte, tem-se mais (ou menos, dependendo do tipo de investimento) dinheiro que no período anterior.

Mas seguindo a linha de pensamento do post anterior, precisamos atentar para um numerozinho que não vem embutido na hora da conta do rendimento da poupança, que foi falado no post anterior também: índice de inflação.

Diferentemente de fundos de investimento, a poupança não cobra taxa de administração sobre qualquer quantia que você venha a depositar. Desde 1 real até infinito, a taxa de administração cobrada ao poupador é zero. Isso mesmo, zero!! “Então isso é maravilhoso!!!”


Quase… Vou explicar: A poupança dá um retorno médio na faixa de 0,5% a 0,6% ao mês, o que dá um total, ao ano, de 6% (números arredondados). Ora, 6% ao ano sem nenhuma taxa!! Otimo!! Porém, precisamos levar em consideração outro número importante: a inflação, no caso, medida pelo IPCA, que dos últimos 12 meses (referência de março de 2011) estava am 6,3%. Uma conta bem aproximada do rendimento da poupança se você tivesse aplicado nela nos últimos 12 meses:

Rendimento – Inflação = ganho real
6% – 6,3% = -0,3%

Ou seja, apesar do seu dinheiro ter “aumentado” de tamanho, você acabou perdendo o que se chama de “poder de compra” do dinheiro (o ganho real neste caso foi negativo). Os seus 100 reais de 12 meses atrás, apesar de valerem hoje 106 reais, não compram a mesma coisa que há 12 meses, mesmo tendo sido reajustado.

Conclusão: é bem comum, mesmo em tempos de alta inflação, que a taxa de rendimento da poupança ofereça uma taxa de juros bem próxima ou igual a taxa de inflação. Fique atento a isso. Você pode pensar que estará fazendo um bom investimento ao botar alguns trocados na poupança.

Mas conforme exposto acima, isso pode ser um equívoco! Fique de olho!!!

Forte abraço,

😉

——————–
Nota:
Para calcular o ganho real, a fórmula já dita anteriormente aqui: r = (i – I)/(1+I)
r -> ganho real
i -> taxa de rendimento do fundo/poupança
I -> taxa de inflação.
OBS: se o cálculo for ao ano, utilizar as taxas anuais. Se for ao mês, utilizar ao mês.