Ações: quais custos preciso saber antes de investir?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Custos para investir em açõesApesar de você investir em uma empresa, ou seja, comprando suas ações, essa operação gera um custo. E para que o entendimento dessa operação fique claro, listarei-as aqui no blog, logo abaixo. Todos esses valores encontram-se em sites de corretoras e bancos, e não é muito difícil de calcular. Só dá um trabalhinho!

Vamos lá! (as taxas encontram-se mais detalhadas nas notas de rodapé deste post)

Você, pessoa física ou jurídica, precisa necessariamente de um intermediador para sua transação no mercado de ações. Esse intermediário chama-se corretora de valores (ou distribuidora de títulos e valores mobiliários).

Qualquer tipo de transação que você queira fazer (compra ou venda) incluem um custo muito importante: corretagem. Atualmente, há várias corretoras no mercado cobrando uma taxa fixa de corretagem, independentemente do valor. Ou seja, um valor X e nada mais nem a menos, na hora de fazer a compra/venda. Isso pode ser bom, quando você opera um volume consideravelmente grande de dinheiro, ou prejudicial, quando opera um volume pequeno e esse custo “corrói” a rentabilidade da sua aplicação.

Toda transação também inclui o custo de emolumentos, pagos diretamente a Bolsa. Isso é padrão, e depende única e exclusivamente da Bovespa.

Quando você já tem as ações em carteira, a sua corretora cobrará uma taxa de custódia, ou seja, uma quantia paga (geralmente ao mês) para que suas ações fiquem custodiadas em seu nome, numa conta, na corretora. Algumas instituições não cobram nada quando o valor da sua carteira de ações é baixo. Varia de corretora para corretora.

Imposto de renda, que incide sobre o lucro da venda. Se a operação durar mais de 1 dia, ou seja, comprou hoje e vendeu amanhã, a alíquota do IR é de 15% sobre a variação. Exemplo: comprou ação por 10 hoje e vendeu por 15 amanhã, o IR é calculado da seguinte forma: IR = 0,15 * (15 – 10) = 0,75.

Dependendo da cidade que sua corretora esteja situada, há uma cobrança de ISS(Imposto Sobre Serviços), por cada ordem executada.
Alguma experiência que você queira compartilhar? Seu comentário é sempre bem vindo!
Forte abraço!
😉

———————————————————–
Nota:
Os números sugeridos pela Bovespa para corretagem são:
Para transações até R$ 135,07 é cobrado valor fixo de R$ 2,70. Para transações acima de R$ 135,08 até R$ 498,62 é cobrado 2% sobre a transação. Para transações acima de R$ 498,63 até R$ 1.514,69 é cobrado 1,5%sobre a transação mais R$ 2,49 fixos. Para transações acima de R$ 1.514,70 até R$ 3.029,38 é cobrado 1%sobre a transação mais R$ 10,06 fixos. Para transações acima de R$ 3.029,39 é cobrado 0,5% sobre a transação mais R$ 25,21 fixos.

As taxas de emolumentos cobradas são:
Para operações de day-trade (operação de compra e venda de um mesmo papel no mesmo dia), é cobrado0,025% sobre o valor total. Para as demais operações é cobrado 0,035% sobre o valor total.

Taxa de custódia sugerida: R$ 10,80

Para informações detalhadas sobre todos os custos e limitações de faixa de investimento, acesse a parte de custos para o mercado de ações, da Bovespa.