Ações: como se perde dinheiro investindo neste mercado?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

AçõesÉ muito comum a pergunta das pessoas quando o assunto é ações: como eu ganho (ou perco) dinheiro com isso?

Vou tentar ser mais direto no assunto.

Ação, conforme já falado em outros posts, é um “pedacinho” de uma empresa, seja ela qual for. É como se você se tornasse dono dessa empresa, ainda que com 0,0000001% de participação nela. Quando você detém a ação, você é, de fato, um dos muitos donos daquela empresa de capital aberto.

Mas aonde você ganha (ou perde) nisso?

Você ganha por 2 caminhos: através dos dividendos gerados pelas ações (caso a empresa tenha lucro) e pela valorização do papel. Os dividendos são muito simples: se a empresa lucrou, ela é obrigada por lei (no Brasil, não sei em outros países), a distribuir pelo menos 25% do seu lucro aos acionistas na forma de dividendos. Com um detalhe: os dividendos estão isentos de imposto de renda quando você, pessoa física, os recebe, já que a empresa, através da sua estrutura contábil, já pagou o imposto de renda a Receita Federal. Entretanto, há casos em que a empresa consegue auferir lucro e não há a distribuição de dividendos, já que houve um acordo entre a empresa e os acionistas para reter esse lucro com o intuito de investí-lo na empresa, a fim de aumentar sua produção, capacidade instalada, etc…

Entretanto, a forma mais comum de se ganhar dinheiro é através da valorização dessas ações.

Hoje você compra uma ação por R$ 10,00 e acredita (por algum motivo qualquer, que não vem ao caso) que ela valerá R$ 15,00 ao final de um período (dia, semana, mês, ano, década…). Logo, quando ela sobe, para qualquer valor acima de R$ 10,00, você já está ganhando alguma coisa. Porém, o ganho só ocorre REALMENTE quando você vende o papel por um preço MAIOR do que o preço de compra. Ou seja, se você comprou por R$ 10, necessariamente precisará vender por R$ 10,01 ou mais para que tenha algum lucro.

E como se perde dinheiro então? As ações sempre sobem de preço?

Não. As ações nem sempre sobem de preço. Enquanto algumas sobem de preço, outras caem, por motivos variados. Se você comprou a ação por R$ 10,00 e ela está valendo hoje R$ 8,00, você perdeu R$ 2 no papel. Ou seja, houve uma desvalorização do papel e uma queda do seu patrimônio. O prejuízo só ocorre REALMENTE quando você vende o papel por um preço MENOR do que o preço de compra.

Ah, é importante lembrar: o imposto de renda para pessoa física incide na diferença de preços, entre compra e venda, caso tenha havido algum ganho*. Se houve prejuízo, não há taxação do IR.

Mais para frente eu escrevo sobre ações, sobre formas e maneiras diferentes de investir, seja diretamente, através de fundos, clubes de investimento…

Alguma dúvida ou sugestão? Manda e-mail ou comenta aqui no blog! Terei o maior prazer em tentar ajudar!

Para mais informações sobre o Mercado de Capitais, entre no site da Bovespa!

Forte abraço,
😉

___________________________________________________________________________

Nota:

*O imposto de renda sobre renda variável se dá da seguinte forma: quando você vende, no mês, um volume igual ou superior a R$ 20mil. Caso você tenha vendido esse volume e ocorreu algum ganho, o IR é de 15% sobre o ganho. Se você vendeu R$ 20mil, mas não houve ganhos, não há incidência do IR.