Cartão de Crédito: benefícios de ter um

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

cartão de créditoCartão de crédito é uma ferramenta bastante polêmica. Uns dizem que é muito bom, outros dizem que é muito ruim. Há também aqueles que nem se atrevem a falar nisso, já que lembra tanta tristeza e sensações ruins.

Pois bem, isso tudo pode ser verdade, não duvido e nem questiono nenhuma dessas sensações e constatações das pessoas.

Mas gostaria de dizer a vocês que cartão de crédito pode ser um excelente instrumento na organização das suas contas e compras, na hora de efetuar os pagamentos, seja em lojas, restaurantes e até mesmo contas em geral. Vamos enumerar algumas vantagens:

  1. Você não precisa carregar cédula ou moedinhas no bolso para efetuar um pagamento. Claro que R$ 10,00 não é nada. Mas imagine pagar uma compra de R$ 5mil? A menor quantidade de notas seriam 50 cédulas de R$ 100,00 (o que gera um volume beeem grande no bolso e bastante chamativo).
  2. Todas as suas compras serão debitadas de uma única só vez, ou seja, na data do vencimento.
  3. Não tem aquela chata situação do funcionário do estabelecimento falar “posso ficar te devendo 2 centavos?”, já que é tudo eletrônico, ele digita exatamente o quanto você vai pagar por aquele bem/serviço.
  4. É prático.

 

Então o cartão de crédito só tem vantagens? Não. Tem também suas desvantagens.

Você pode ser roubado, e caso o cartão ainda não tenha chip, pode ser utilizado facilmente nos estabelecimentos, já que são raríssimos as lojas que pedem a identidade para conferir se o portador do cartão é realmente o dono dele. Se ele tiver chip, fica mais difícil, porque a senha para efetuar algum pagamento é requerida.

Mas então por que as pessoas se descabelam e se perdem com os cartões?

Porque pensam que crédito existe para sair gastando. Se você tem crédito, é porque você tem alguma maneira de pagar aquela conta. Se você utilizou o seu crédito (seja da maneira que for), em algum momento da sua vida você precisará pagar essa dívida. Portanto, crédito não significa mais dinheiro. Porém, crédito pode ser interpretado como mais conforto na hora de pagamento, parcelamento e segurança.

Querem uma dica de como utilizar o cartão de crédito de forma eficiente e simples?

Quando você receber seu salário/renda, pense em quanto você pretende gastar no cartão. Seja em compras, pagamento de contas, enfim, bote um orçamento direcionado para o cartão de crédito. Fique sempre atento ao limite do cartão. De nada adianta você orçar seu mês, com um total de R$ 5mil em cima de um cartão de crédito que suporte apenas R$ 1mil. Esse é o fator limitador da sua dívida. Tendo feito isso, anote num papel ou no computador, ou até mesmo no celular, os gastos e o total ainda disponível para gastar no cartão. Vou ilustrar com um exemplo bem simples.

Digamos que eu tenha uma renda de R$ 2mil ao mês. Mas pelo menos R$ 1mil são gastos em despesas aleatórias como seguro do veículo, escola das crianças, obras em casa, etc. A partir daí, sobram apenas R$ 1mil que eu quero destinar, nesse mês, para me divertir, comer em restaurantes, ir ao shopping comprar roupas, etc. (o limite do cartão é de R$ 2mil, conforme minha renda).

Logo, como posso me organizar? Anoto num papel que a soma dos meus gastos neste mês só pode bater R$ 1mil. Acima disso eu teria que empurrar a dívida para o outro mês, e aí sim, está o problema: quando a dívida continua no mês seguinte.

Ao longo do tempo, sempre que você puder anotar e orçar seus gastos no cartão, seus problemas com dívidas e desconfortos financeiros irão diminuir e chegar a zero, até o ponto em que seu cartão de crédito passa a ser o seu melhor amigo e um excelente instrumento para fazer compras!

Mais para frente escrevo sobre como utilizar limites superiores do seu cartão de crédito sem prejudicar sua renda.

Veja aqui a história e evolução do cartão de crédito ao longo do tempo!

Forte abraço,

😉