Metas são uma ferramenta extremamente eficientes na gestão do orçamento

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

metasEmpresas bem administradas costumam traçar metas durante algum período ou durante toda a sua existência. É um instrumento simples e que pode ser muito bem aplicado à nossa vida pessoal.

Para que traçar metas?
Para serem atingidas.

A pergunta é boa e a resposta parece boba. Mas não é. Aproveitando que o ano de 2012 está chegando ao fim, ou qualquer outro ano que passou, quantas foram as vezes em que paramos para pensar e traçar planos para o ano seguinte? Viajar, comprar um carro, casa, mudar de emprego, etc. Já pararam pra pensar nisso? Pensamos, bolamos, arquitetamos, mas não anotamos. E esquecemos na esquina seguinte o nosso sonho e as nossas metas.

E quantos desses planos são, no mínimo, postos em prática, e destes postos em prática, quantos chegam a ser concluídos de fato?

Parece um funil com uma boca bem grande e um biquinho minúsculo.

Pois bem, e se pararmos e botarmos em um papel, as nossas metas para o próximo período (dia, mês, ano, década…), isso tende a se tornar mais concreto com o passar do tempo, já que firmamos um compromisso com nós mesmos, que devemos seguí-lo. Seja montar uma poupança mais gorda, juntar um dinheiro a mais para comprar um carro, fazer a obra em casa, etc…

Um exemplo de meta:

  1. A partir do ano que vem guardarei 20% da minha renda/salário numa poupança, até eu me aposentar; (essa meta é excelente!!)
  2. A partir de janeiro próximo vou começar a juntar parte do meu salário para fazer um cruzeiro no final do outro ano;
  3. Começarei a ler mais livros, aumentando a minha quantidade de livros lidos no período… (tente estipular a quantidade de livros por mês que você esteja disposto a ler…)
  4. Juntar dinheiro para poder comprar Títulos Públicos no Tesouro Direto!  (essa também é muito boa!)

Etc, etc etc…

E de preferência, deixe isso anotado em um papelzinho, em algum mural ou até mesmo na porta da sua geladeira! Olhar para o lembrete diariamente ajuda você a se manter dentro das metas!

O resultado final consiste em conseguirmos realizar nossos planos com maior facilidade, maior organização e, sem sombra de dúvida, nossas finanças pessoais estarão melhor organizadas para o período seguinte.

Uma meta sugerida aqui pelo blog To Sem Dinheiro: passar a anotar todas as entradas e saídas, ou seja, rendas, custos e despesas, mesmo que seja com uma balinha no jornaleiro de R$ 0,05. Isso deve ser anotado! Utilize isso como meta! O resultado é promissor e você vai perceber por onde e aonde está indo o seu dinheiro!
Alguma dúvida ou opinião? Escreva aqui no blog! Comente! Ajude a enriquecer nosso conteúdo!

Forte abraço!
😉